TT Ads

A possibilidade de “ser seu próprio chefe” sempre aparece quando pensamos nas vantagens mais atraentes do empreendedorismo. Por outro lado, para qualquer um que é novo em seu ramo, ganhar dinheiro com seu conhecimento pode bater de frente com problemas que, até então, eram desconhecidos. 

Por exemplo, com quem você conversa quando se sente travado? Como é que você encara áreas do seu negócio nas quais não tem muita experiência? 

É exatamente frente a aspectos desconhecidos de sua jornada que a figura de um mentor pode fazer toda a diferença. Empresas iniciantes são as mais vulneráveis, tanto é que cerca de 20% delas fecha as portas antes de um ano.

Também sabemos que vivemos em um período onde buscamos tanto satisfação como soluções instantâneas, onde os novos empreendedores acabam não percebendo o valor de uma mentoria. 

Nos acostumamos a acreditar que, frente a alguma dúvida, basta fazer uma busca no Google e vamos encontrar alguma resposta mágica para todos os nossos problemas. 

Acontece que não há nada que substitua a experiência.

Os melhores mentores já viram e passaram por todo tipo de situação. De períodos de sucesso a épocas mais difíceis, estes profissionais podem oferecer conhecimentos inestimáveis para quem está começando a nadar nas águas do empreendedorismo. 

Por falar em águas, vamos mergulhar no assunto e entender melhor o que um mentor pode fazer por um empreendedor? Siga com a leitura!

Quando é um bom momento para escolher um mentor?

As associações que encontramos sobre a palavra mentor são muitas. No geral, associamos o termo a pessoas com grande experiência, que orientam trabalhos e provocam inspiração em terceiros.

Em palavras mais simples, relacionamos o mentor a um guia, a um mestre ou a um conselheiro. Em algum momento da vida, todos nós podemos aprender com esse tipo de relação.

Aliás, basta olhar um pouco para a história e ver o poder da mentoria. Por exemplo, Bill Gates foi mentorado de Warren Buffet. Mark Zuckerberg esteve sob a mentoria de Steve Jobs e o próprio Steve Jobs foi pupilo de Bill Campbell. 

Se até mesmo Luke Skywalker teve que se tornar aprendiz do mestre Yoda para vencer o lado negro da força e Daniel Sam passou de um adolescente tímido e sem autoestima para se tornar um campeão com as orientações Sr. Miyagi, inclusive na ficção, a existência de um mentor pode levar a pessoa ao sucesso. 

Voltando ao mundo real, qual é o melhor momento para apostar em uma mentoria de negócios?  Como nos casos anteriores, reais ou não, e aproveitando o que falamos sobre empresas iniciantes e seu alto índice de fechamento, o ideal é procurar no começo de alguma jornada. 

Vamos citar agora alguns exemplos para você visualizar melhor o que estamos falando:

Mentores para novos projetos

A mentoria não precisa ser algo que aconteça somente entre duas pessoas, ela pode ser aproveitada igualmente por equipes. Se uma nova divisão de sua empresa será criada ou sua marca vai expandir os negócios, um mentor pode orientar o caminho.

Mentores para processos de sucessão

Se, em sua organização, algum colaborador que ocupa uma posição estratégica sair, sua empresa pode usar a mentoria para conduzir a substituição. O mentor vai mostrar os fluxos de trabalho e o conhecimento tático para levar mais segurança ao novo profissional.

Mentores de novas culturas

Imagine que sua companhia vai mandar alguém para outro país, ou você mesmo está se aventurando profissionalmente em outros países. Em ambos os casos, o mentor colabora com sua adaptação à nova cultura, costumes e valores profissionais praticados no seu destino. 

Mentores para novos empreendimentos

Vai começar um novo negócio? Está empreendendo há pouco tempo e quer conduzir sua iniciativa ao sucesso? Não haverá melhor momento para aprender as melhores práticas com uma mentoria e não errar em coisas importantes que você ainda não consegue ver.

Não importa o quão experiente você seja até o momento, sempre haverá algo a aprender quando buscamos trilhar novos caminhos. 

Alguns benefícios de contar com uma mentoria para empreendedores

Se aproximadamente 92% dos negócios consideram que os mentores têm impactos positivos no empreendimento, isso deve acontecer por algum motivo. Organizações de todos os tipos e profissionais autônomos estão entendendo o valor da mentoria, entenda algumas razões práticas para isso.

#01  Permanente estímulo

Você não precisa cair no conto de que todo empreendedor é um indivíduo solitário, que sem a ajuda de ninguém tem que suportar todo o peso das decisões e suas consequências. 

Um mentor ajuda a carregar toda essa responsabilidade e mostra como manter a cabeça erguida em tempos difíceis. Ele pode mostrar quais são os futuros problemas possíveis e antecipar formas de encarar os desafios. 

É fácil perder a noção do todo quando uma crise bate na porta. Com a ajuda de um mentor, você terá mais ferramentas emocionais para lidar com os melhores e piores momentos. 

#02  Acesso à uma opinião externa

Os mentores também podem fornecer opiniões valiosas que só surgem de uma perspectiva externa. 

Cruzando o ponto de vista de alguém de fora com sua experiência, o mentor de empreendedores vai lhe ajudar a entender como você pode se relacionar com outras partes.

Por exemplo: o que os investidores vão pensar de sua iniciativa? O que pode deixá-los preocupados ou entusiasmados? Como os clientes vão receber suas propostas? O que pode afetar a decisão das pessoas quando pensam em comprar um produto ou serviço que você oferece?

#03 Você pode aprender a ensinar

Todo mentor foi um empreendedor iniciante algum dia. Imagine que você também pode ganhar dinheiro como mentor no futuro, e nada melhor para aprender a fazer isso do que viver na própria pele a experiência de ser mentorado. 

Grandes mestres costumam infundir em seus pupilos os melhores valores que eles assimilaram de seus orientadores. Se alguém ensina algo e isso funciona, nada mais natural do que acreditar que esses ensinamentos podem ser compartilhados também por você no futuro. 

Sem dúvidas, a mentoria é uma relação de troca, onde ambas as partes são beneficiadas. O mentor evolui como orientador e aprende novas coisas com seus novos alunos e os mentorados entendem como funciona o aconselhamento, na prática. 

Esperamos que você tenha gostado do nosso artigo de hoje e entendido tudo o que um mentor pode fazer pelos empreendedores. E já que você está aqui, que tal conhecer os 5 hábitos dos empresários bem-sucedidos?

Até nosso próximo texto!

TT Ads

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *