TT Ads

O que é uma estratégia de entrada no mercado?

Uma estratégia de ativação do mercado é o plano de jogo que descreve como você usará os recursos à sua disposição (equipe, orçamento, ferramentas, habilidades) para vender sua proposta de valor exclusiva para um público específico e no processo, obtenha vantagens competitivas e / ou crie efeitos de rede que aumentarão seu mercado. 

O que não é:

Marketing versus estratégia de entrada no mercado. A estratégia de marketing é uma atividade contínua que visa aumentar as vantagens competitivas ao longo do tempo, enquanto a estratégia de entrada no mercado descreve como você introduzirá com sucesso um novo produto ou serviço em um mercado existente ou se expandirá para um novo mercado. Como tal, um subconjunto ou a ignição da sua estratégia de marketing.

Plano de negócios ou estratégia de entrada no mercado.  faz parte do plano de negócios mais abrangente. Os planos de negócios são focados a longo prazo e também incluem muitos outros aspectos, como previsões financeiras detalhadas, estruturas jurídicas e organizacionais, perfis de equipes e fundadores, uso de recursos e muito mais.

Por que você precisa de uma estratégia de entrada no mercado?

Aumenta suas chances de sucesso e diminui seus custos, minimizando o desperdício de recursos. Ele também fornece estrutura e foco para sua equipe.  A maioria dos investidores deseja vincular seus investimentos a uma estratégia de ativação de mercado acordada.

Configurando sua estratégia de entrada no mercado

Comece definindo seu mercado-alvo e as personas ideais dos clientes . Use pesquisas de mercado publicadas, promoções de pré-lançamento e pesquisas para saber mais sobre seu público-alvo. Quanto mais você souber, melhor poderá vender seu produto.

Se você não passar pelo exercício, poderá simplesmente iniciar um mercado que não pode oferecer suporte à sua oferta de produtos. Em geral, começar com apenas uma, chamada abordagem de maneira sábia de começar a testar seu ajuste no mercado de produtos sem arriscar sua exposição mais ampla à marca.

Você precisará fazer uma análise detalhada dos concorrentes usando uma estrutura . Isso fornecerá as informações necessárias para criar pontos de venda exclusivos que diferenciam seu mercado e que podem se transformar em vantagens competitivas.

O próximo passo é esclarecer sua proposta de valor . Que problemas você está resolvendo e como está resolvendo? Isso está intimamente ligado a garantir que você se encaixe no mercado do produto. Isso é demais, já que a falta de adequação ao mercado de produto é a principal razão pela qual os iniciantes falham . Provou-se que os produtos mínimos viáveis. os ciclos rápidos de iteração são altamente eficazes na validação do ajuste do mercado do produto para os mercados.

É importante estruturar. a jornada do cliente para que quaisquer pontos potenciais de atrito possam ser identificados e resolvidos. A jornada do cliente também deve formar a base da versão do seu mercado. Ter uma equipe experiente  ao seu lado ajudará bastante neste momento.

Os itens acima determinarão a natureza do seu modelo de negócios: B2C, B2B, P2P etc. Depois de escolher um modelo de negócios adequado, é hora de identificar possíveis fluxos  e uma estrutura de preços. Não leve isso de ânimo leve; sua estratégia de monetização deve se refletir no fluxo de valor para todos os usuários do seu mercado.

Sua pilha de tecnologia escolhida tem implicações para suas funções de marketing, vendas e desenvolvimento. Por um lado, você precisará garantir que suas equipes internas tenham as ferramentas certas para executar a parte da estratégia de entrada no mercado. Não tem certeza se você deve cuidar de uma função? A regra geral é, se não for uma função essencial, terceirizá-la. 

Uma consideração técnica muito importante diz respeito à construção real do seu mercado. Você precisará decidir se estará usando uma equipe interna, um construtor de mercado on – line ou uma agência de desenvolvimento experiente . Lembre-se de que sua escolha pode ter implicações de longo alcance na qualidade de seus sistemas de pagamento ou remessa e no processo de integração do usuário, que são essenciais para uma ativação bem-sucedida do mercado.

O penúltimo passo no processo de configuração é escolher canais de marketing e vendas adequados . Se sua abordagem será intensiva em marketing ou vendas, será influenciada pelo seu modelo de negócios (B2B, B2C, P2P), a natureza do seu mercado-alvo (onde seus clientes se reúnem) e a complexidade do produto. Uma abordagem omnichannel pode ser apropriada em alguns casos. Em termos gerais, existem os seguintes canais de ativação de mercado diretos e indiretos para você escolher.

Canais de ativação de mercado direto

Publicidade e Relações Públicas

Inclui anúncios pay-per-click e gráficos em mecanismos de busca como Google e plataformas de mídia social como Facebook, marketing afiliado, de eventos, marketing experimental e publicidade fora de casa (outdoors externos etc.). Esse canal é muito eficaz para gerar conversões na parte inferior do funil do cliente. Devido ao custo da publicidade que pode aumentar rapidamente, é importante que as páginas de destino sejam super otimizadas.

TT Ads

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *